A decisão a favor da RCTV não leva a uma perpetuação das licenças