Para AT&T, excesso regulatório nas operadoras mina a capacidade de inovação